segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Matéria da semana: Não decrete falência sobre sua vida.Reinaugure.

Você pode ter defeitos,viver ansioso e às vezes se sentir a pior criatura da face da terra...
Mais não se esqueça,de que você é a maior empresa do mundo.
Sò você pode evitar que sua vida,abra falência.
Ser feliz não implica não atravessar tempestades,nem caminhos sem acidentes,nem tampouco um trabalho sem cansaço ou relacionamentos sem decepções.
Ser feliz é encontrar segurança no palco do medo,e enfrentar.
Ser feliz é conseguir sorrir apesar da dor,que você carrega por dentro.
Ser feliz não é apenas comemorar seu sucesso,mais aprender com seus fracassos.
Faça da sua vida um canteiro de oportunidades.
Nas primaveras aproveite as alegrias,e nos invernos seja amigo do seu sofrimento.
Quando no meio do caminho você perceber que está tudo errado,comece de novo,e se permita ter um novo fim.
Apesar de todos os desafios,incompreensões e períodos de crise,vale a pena ser feliz.
Deixe de ser a vítima de seus problemas e seja o autor de sua história...

3 comentários:

Daniela disse...

Nossa Lu que lindo ,neste momento da minha vida, onde o desemprego bateu na minha porta,as vezes choro de dó do meu marido e as vezes me faço vítima do problema, valeu suas palavras me deram um acorda menina.

beijos

Anônimo disse...

Pois é Lu, o melhor desta vida é sermos mesmo nossos próprios autores. Sempre que leio a sua coluna me vem um pensamneto na cabeça: aí está algo para eu colocar em prática. A leitura é como se fosse um "vale-viver", "vale-alegria", "vale-recomeço", um vale qualquer, para entender que estou aqui para ser feliz. Abração.

Mara de Oliveira disse...

Ai, ai, saiu anônimo aí em cima, mas fui em que postei. bjs.